Atendimento: Das 08h às 17h

info@ficase.gov.cv | (+238) 2621545 / 5162462 / 5883668

Escolas da Freguesia de Nossa Senhora da Luz Recebem Produtos de Agricultores Locais

Criado em 06 de Abril de 2022

Responsive image


A associação de agricultores de São Francisco, numa ação conjunta, ofereceu 289 kilos de produtos agrícolas às escolas do concelho de São Domingos, no quadro de reforço das refeições quentes nas escolas. Os produtos, nomeadamente batata doce (155 kg), tomate (45kg), cebola (46kg) repolho (43) foram entregues à Delegação do Ministério da Educação local para serem distribuídas às escolas.

 

Ao todo foram beneficiadas 12 escolas e um universo de 858 alunos, distribuídos em 65 turmas. Milho Branco, Portal, Achada Baleia, Cancelo, Baía, Moia Moia, Praia Baixo, Castelo Branco, Praia Formosa, Vale da Custas, Pau de Saco são as localidades, cujas escolas foram beneficiadas, incluindo um jardim de infância na localidade de Moia Moia.

Cláudio de Barros, presidente da associação de agricultores, afirma que esta é a forma que os agricultores encontraram de contribuírem para o desenvolvimento da educação no concelho, cuja iniciativa “partiu de pequenas doações frequentes às escolas mais próximas e se estendeu hoje a uma dimensão maior com o “djunta mon” de mais agricultores. Prometeu ainda mais ações no futuro, através de uma liderança influenciadora, que consciencialize os agricultores para a necessidade de, “hoje mais de nunca”, apoiar as escolas com produtos agrícolas para melhoria da dieta alimentar para os alunos.

Para a Delegada do Ministério da Educação de S. Domingos, Juvelina Tavares, “esta doação veio em boa hora, na medida em que veio reforçar a ementa das cantinas escolares na freguesia de Nossa Senhora da Luz, num cenário de crise e de desemprego que afeta a população local. Adianta ainda que o donativo recebido representa um reforço alimentar muito grande, pois permite a diversificação da ementa escolar, a melhoria da dieta alimentar das crianças e a melhoria de qualidade de alimentação, para além de, a nível pedagógico, permitir aos professores a sensibilização dos seus alunos para a importância de uma alimentação saudável.

No Concelho de S. Domingos, apoios desta natureza são frequentes, por ter uma  forte tradição agrícola, embora “na maioria das vezes acontece de forma simples e informal e diretamente nas escolas, mas estamos a sensibilizar os responsáveis das escolas para anotarem e comunicarem todas as doações à delegação escolar para podermos conhecer todos os nossos parceiros locais e reconhecê-los publicamente”, afirma.

Tendo em consideração o momento de profunda crise alimentar, causado pela pandemia de Covid-19 e conflito armado no leste da europa, em que países como o nosso sofrem um impacto maior, com consequências profundas na qualidade alimentar, Juvelina Tavares agradece os agricultores de São Francisco e dirige um apelo a todos os parceiros locais, sendo eles pais e encarregado de educação, agricultores, criadores de gado, empresários e demais, para apoiar a educação, como sendo uma grande aposta no futuro das crianças e de Cabo Verde.

Por: Maria José Veiga    Fotografias: Delegação Escolar