Atendimento: Das 08h às 17h

info@ficase.gov.cv | (+238) 2621545 / 5162462 / 5883668

Livraria Sousa Lda mobiliza materiais escolares para Escolas da ilha do Sal

Criado em 18 de 08 de 2022

Responsive image

Livraria Sousa Lda. mobiliza materiais escolares para Escolas da ilha do Sal

#FICASE #AçãoSocialEscolar #UmaDoaçãoUmKitEscolar #KitEscolar #MateriasEscolares #livrariasousalda #IlhadoSal #DelegaçãoMESal  

No início do Ano Letivo 2021/2022, na sequência do lançamento da Campanha Anual de Mobilização de Kits Escolares, fomos contatados pela Livraria Sousa Lda., na pessoa da senhora Sílvia Sousa, mostrando-se disponível a fazer uma campanha que beneficiasse Escolas da ilha do Sal, com materiais escolares.

De imediato, agradecemos o interesse e partimos para a estratégia a ser utilizada. Conforme Sílvia Sousa, a campanha consistia na oferta de um Kit Escolar à campanha promovida pela FICASE (1 caderno, caneta, lápis, borracha, cola branca, tesoura e um livro infantil), em cada compra a partir de 2.500$00, na sua loja nos Espargos.

Para entender melhor como funcionou a campanha e os resultados alcançados, estivemos à conversa com a senhora Sílvia Sousa. Entre na conversa e saiba tudo sobre este gesto de solidariedade da Livraria Sousa, Lda. e seus clientes, que contou com a colaboração da Delegação do Ministério da Educação no Sal.

1. Para começar, Sílvia Sousa, apresente a si e a Livraria Sousa, Lda.

Chamo-me Sílvia Sousa e sou professora de Língua Portuguesa, trabalho no Colégio Letrinhas e sou sócia da Livraria Sousa, Lda., uma loja que coloca à disposição do mercado materiais de papelaria e livros, desde técnicos a didáticos e infantojuvenis.

2. Como tomou conhecimento da Campanha Anual de Mobilização de Kits Escolares?

Há algum tempo que tinha ouvido o Presidente da FICASE apelando a que as delegações façam também o seu papel de angariar apoios nas ilhas. Este ano, perante as consequências da pandemia, achei que poderíamos ajudar os outros ajudando-nos também a nós.

3. Como decorreu a campanha na vossa loja. Como foi a reação dos clientes à proposta?

Quando se coloca a possibilidade de o cliente adquirir um produto e daí surgir uma oferta, julgo que as pessoas se sentem compensadas. Foi o que aconteceu - houve um sentimento de solidariedade.

A campanha decorreu dentro do período de venda de material escolar - entre setembro e outubro de 2021. Foram angariados trezentos kits escolares, dos quais 200 foram doados pelas empresas APP, APP Ambiente e NETSAL. Especificamente, foram angariados 550 cadernos agrafados, 175 livros de atividades do corpo humano, 300 lápis de carvão, 300 borrachas, 300 afiadores metálicos/plásticos, 300 canetas, 175 tubo de cola batom, 125 caixas de lápis de cor e 125 tesouras escolares, num montante global de 148 602,00 (cento e quarenta e oito mil e seiscentos e dois escudos).

Para tal, contaram com participação de muitos clientes, pelo que para o ano letivo 2022/2023, prevê-se a continuidade de promoção de solidariedade desta forma. 

A finalizar, Sílvia Sousa deixou a seguinte mensagem à comunidade educativa e à sociedade civil: elevar a qualidade da educação em Cabo Verde envolve muito mais do que levar os alunos a aprender conteúdos, implica uma mudança de mentalidade que só nas escolas é possível desenvolver. Continua dizendo, que há que cultivar a crença de que todos podemos, todos somos capazes, que se alguém faz, eu também posso fazer, e que se ninguém conseguiu fazer até hoje, eu posso ser o primeiro a fazê-lo, a consegui-lo. No fundo, a autoestima das nossas crianças deve estar acima de tudo e o saber fazer já não sobrevive só sem o saber ser e o saber estar.

Fotografias: Livraria Sousa, Lda.

FICASE

Juntos para uma Educação Inclusiva e de Qualidade